terça-feira, março 31, 2009

Mãe... há só uma!

Principalmente se for como a de...
Sócrates!!!

Mais "alterações" ao Código Penal?!!!


Depois do "Caso Casa Pia", iremos assistir ao regabofe das alterações penais?

E... quem será, desta vez, o... rasurador?!!!

Ou aquilo funciona corporativamente...
como a pescada?!!!

Abençoada mãe...

Polícia investiga empresas de mãe e irmão de Sócrates
A equipa de magistrados do "caso Freeport" e a Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal estão a investigar a empresa Mecaso que tem, entre os sócios fundadores, Maria Adelaide Carvalho Monteiro, mãe do primeiro-ministro, José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, primo de José Sócrates, e um cidadão inglês de origem indiana.

A Mecaso, sociedade gestora de participações sociais, foi constituída a 12 de Fevereiro de 1999, ainda José Sócrates era secretário de Estado do Ambiente e corria o inquérito da Cova da Beira, onde chegou a ser suspeito de ter favorecido o consórcio que ganhou o concurso do aterro, mas os autos que se lhe referiam acabaram por ser arquivados pelo MP.
Por coincidência, foi nesse ano do concurso que Sócrates comprou o andar onde vive em Lisboa, no edifício Heron Castilho.
E também Maria Adelaide vendera a sua casa em Cascais e comprara um apartamento no mesmo edifício.
Em 1999, Maria Adelaide enveredou – com a família do ex-marido, Fernando Pinto de Sousa – pelo caminho empresarial.

Os sócios são o sobrinho José Paulo Pinto de Sousa (muito chegado a Sócrates) e Matt Merzougui, com os quais monta a holding Mecaso, com sede na Travessa Nova de S. Domingos, à Praça da Figueira, em Lisboa.
(In SOL, com a devida vénia)
-----------------
Era uma "mãe" destas que eu precisava!!!

segunda-feira, março 30, 2009

Perguntar não ofende...



O Bastonário da Ordem dos Advogados...

estará no seu perfeito juízo?!!!

sábado, março 28, 2009

O Provedor... de Justiça

Jorge Miranda, "ameaça" aceitar o cargo mesmo sem o aval do PSD.

Se vier a acontecer...

Será que os portugueses vão ficar de braços cruzados?!!!

sexta-feira, março 20, 2009

Eduarda Maio e o Prato de Lentilhas...

Na altura, logo desconfiei da autora da biografia do "Menino de Ouro do PS".
Lembrei-me do livro: "Não há jantares grátis".

Quando da apresentação, abordei a cambalhota (360º) do Dias Loureiro (sem bigode).

E não me enganei com o melro. Ele já estava à espera do estouro do BPN e havia que juntar-se aos acólitos...

Quanto à jornalista da Antena 1, como ela "subiu" na vida "radiofónica"... até se fala em proposta ao Parlamento Europeu pelo PS.
"Tudo vale a pena quando a trama não é pequena"
(não diz o povo, digo eu!).

quinta-feira, março 19, 2009

A "misteriosa" detenção de Mário Machado

Agressão a tiro motiva detenção de Mário Machado
Segundo o advogado do nacionalista, a alegada vítima nega os factos e não apresentou queixa.


O líder nacionalista Mário Machado foi detido, esta quarta-feira, após lhe terem sido imputados actos violentos alegadamente praticados contra um membro do clube motard «Hells Angels» há cinco ou seis meses.
Segundo o seu advogado, são imputados a Mário Machado um disparo a tiro contra a perna de um indivíduo dos «Hells Angels», embora negue os factos e não tenha apresentado queixa contra o líder nacionalista.
Juntamente com Mário Machado, que irá pernoitar no Estabelecimento Prisional da PJ de Lisboa e que quinta-feira será ouvido, pelas 10h00, no Tribunal Central de Instrução Criminal, foram detidas «mais cinco pessoas».
A «coincidência» da divulgação de documentos relacionados com Sócrates
Questionado se existem testemunhas que impliquem Mário Machado nestes factos em que não houve queixa do membro dos «Hells Angels», José Manuel Castro disse desconhecer e que só quinta-feira terá acesso mais alargado aos autos.
Do que conhece do processo, José Manuel Castro diz não vislumbrar motivos para que quinta-feira seja aplicada a Mário Machado qualquer medida de coacção privativa da liberdade.
O causídico disse «estranhar» o «timing» desta detenção, dada a sua proximidade temporal com a divulgação num blogue de Mário Machado de documentos bancários relacionados com familiares do primeiro-ministro, José Sócrates:
«Vamos acreditar que é uma coincidência.»
Viatura e computador apreendidos
Entretanto, o Departamento Central de Investigação e Acção Penal anunciou que o nacionalista Mário Machado foi detido no âmbito de uma investigação em curso naquela estrutura do Ministério Público, sem especificar o que está em causa.
Mário Machado, membro da organização considerada de extrema-direita Hammerskins, foi detido «em casa cerca da uma hora da tarde e também terá sido apreendida uma viatura e um computador», segundo o advogado.
À margem deste caso, Mário Machado deverá comparecer em tribunal no próximo dia 5 de Maio para responder num processo relacionado com ameaças à procuradora do Ministério Público Cândida Vilar.
Cândida Vilar conduziu a investigação que levou Mário Machado - julgado com 35 outros «skinheads» - a responder num processo relacionado com discriminação racial e em que foi condenado em Outubro passado a quatro anos e dez meses de prisão efectiva, decisão de que recorreu.

Depois de "74" portugal ficou mais pobre

ANTES DO 25 DE ABRIL ... FEZ-SE HISTÓRIA!
DEPOIS DO 25 DE ABRIL ... CONTAM-SE histórias!

(In APP)

terça-feira, março 17, 2009

Cena de "ciúmes" em Cabo Verde?!!!

Terminada a visita oficial a Cabo Verde, e para ocupar o tempo até à hora do regresso, a comitiva de José Sócrates e os jornalistas que acompanhavam a visita juntaram-se num restaurante da Cidade da Praia.

Na mesa do primeiro-ministro, ficou a ministra da defesa de Cabo Verde e todos os jornalistas portugueses.

Quem parece que não se conformou com a distribuição dos lugares foi o ministro da administração interna.

Ainda o café não tinha chegado à mesa, já rui pereira mandava um empregado do restaurante dizer a uma jornalista que se levantasse para ele se poder sentar junto de sócrates.

Assim, sem mais. E antes que houvesse tempo para reagir, lá estava o ministro de pé, coladinho à cadeira da jornalista, para que ela se levantasse e ele se pudesse sentar.

Sem um olhar, uma palavra, uma desculpa, uma razão por muito esfarrapada.

Até ao fim do jantar, lá ficou sentado, colado, provavelmente com medo de ser remodelado depois dos resultados vergonhosos que apresentou no combate ao crime.

Eu sei que é difícil acreditar numa falta de educação de tal calibre.

Mas foi exactamente assim que se passou.

Eu sei. Eu estava lá.

Fui eu que tive que me levantar para o ministro se sentar.

(In Escola de Lavores)

quarta-feira, março 11, 2009

Refrão

Sócrates e Cavaco,
farinha do mesmo saco!
Rua com eles!!

domingo, março 08, 2009

Tomem lá mais do... Joaquim Letria!

«... Tirando alguns amigos meus julgados na sala do antigo Tribunal Plenário, onde juízes faziam, às escâncaras, os favores encomendados pelo poder político, só vi ali serem julgados grandes desgraçados cuja vida nunca mais se endireitou, viessem eles dos subúrbios da ditadura ou das favelas da democracia.»

Culpados ou inocentes?

Na sua "25ª hora", Joaquim Letria brindou-nos, há dias, com esta pérola:
«... Antes do fim dos 30 anos de segredo dos documentos classificados vai saber-se se os nossos bem amados líderes venderam a alma ao W.Bush e ao Blair para merecerem a recompensa de pactuarem conscientemente com a tortura e coisas piores.
Por agora safam o coiro, mas já sabem que podem acabar como os sócios do Pol Pot no Camboja. Como em Phnom Phen, é uma questão de tempo.»
-Ou como o Nino Vieira, acrescento eu!!!

Pelo menos,as Autarquias acompanham o "progresso".

João de Carvalho (o cromo da foto), é actor de "Os Malucos do Riso".
Acontece que é candidato à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira. (não, não é engano nem brincadeira de Carnaval)...
Porém, pensando melhor... esta medida devia ser seguida -rigorosamente seguida- nas legislativas...

Assim, em vez de actores-amadores, só deviam "concorrer" actores profissionais.

"Segredos, há muitos!" -diz o povo

Mário Soares, num artigo no "DN" sobre a crise e seus constrangimentos (o que quererá dizer constrangimentos?) alerta para o perigo de se abrir o caminho a aventuras...
e reforça que "O segredo de justiça transformou-se numa farsa"
......
Que o segredo de justiça é uma grandessíssima vigarice (e derivados), já eu o escrevi (e desenhei) há uma boa dezena de anos no...
"BRONCAS DESPORTIVAS"!!!

Lembram-se do... Fundo Social Europeu?!!!

Torres Couto, o ex-líder da UGT vai processar o estado português (este sítio, entenda-se).
Quer ser ressarcido dos prejuízos pessoais e profissionais que sofreu nos 20 anos em que foi suspeito de ter desviado dinheiro do Fundo Social Europeu.
eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh!

sábado, março 07, 2009

Vamos resistir contra esta corja!!!

Portugal está num pântano!
Ergue-te, companheiro e luta connosco!
Portugal precisa!
Os nossos filhos -e netos- necessitam, nós não podemos ficar impávidos!
Este Governo não pode hipotecar a nossa independência e o nosso orgulho.
Luta!
Diz não!

terça-feira, março 03, 2009

A morte de Nino Vieira e Outros exemplos em Portugal e no Mundo

O Presidente da Guiné Bissau foi assassinado.
Nino Vieira foi morto esta madrugada, depois de ter sido assassinado o Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas da Guiné-Bissau.
Esta situação acontece quando os Povos estão desesperados.
Aconteceu ao Rei D. Carlos em Portugal;
Ao Presidente da República Portuguesa, Sidónio Pais;
Ao Primeiro Ministro Sueco, Olof Palm;
Ao Presidente dos Estados Unidos J.F.Keneddy;
Ao chefe do Estado de Israel;
A Aldo Moro, PM de Itália,
e a vários outros.
É lamentável!...
No entanto, o Povo quando está desesperado reage e assassina chefes de estado e de governo.
Lá no fundo o que o Povo quer é uma mudança na Ordem Constitucional.
Uma das formas de reacção dos desesperados.
(In José Maria Martins com a devida vénia)
-----------------------------------------------
Nesta lista, talvez por esquecimento, falta assinalar:
A primeira acção da ETA (por quem mantenho o maior respeito e admiração) em Madrid, 20/12/73, contra Don Carrero Blanco.

segunda-feira, março 02, 2009

Cagaço já atinge magistrados...

"Há uma tentativa, do governo da maioria, de deslegitimação da justiça e do MP"...
(Dr. João Palma)