terça-feira, setembro 30, 2008

O Charlatão

Numa rua de má fama
faz negócio um charlatão
Vende perfumes de lama
anéis de ouro a um tostão
enriquece o charlatão
………………………
Entre a rua e o país
vai o passo de um anão
vai o rei que ninguém quis
vai o tiro de um canhão
e o trono é do charlatão
(Excertos do Poema “O Charlatão” de Sérgio Godinho)

sábado, setembro 27, 2008

Erro grosseiro, ein!

"la bela Lusitânia"
É, na verdade, estranho o que se passou neste caso do famigerado PP e todos os factos estranhos que rodearam a sua relação com o caso Casa Pia.
Então as mesmas testemunhas que foram idóneas para acusar Carlos Cruz são depois completamente inaceitáveis para acusarem o PP de forma a deixá-lo escapar de aparecer no processo.
Ao ponto de o famigerado Bibi, de cada vez que se referia a ele em pleno tribunal, dizia: -Aquele senhor de quem não posso dizer o nome..." sendo de imediato severamente repreendido pelo juiz.
Enfim, o PP não se safa de ficar, pelo menos, com o labéu, que já não é pouco.
Vai ser um anátema que o há-de perseguir durante todo o tempo que lhe restar de vida, dêem-lhe ou não indemenizações chorudas.
Deus escreve direito por linhas tortas, e há coisas que o dinheiro não paga.
Já agora não posso deixar de relatar factos que chegaram ao meu conhecimento.
Eu sou natural de Elvas, embora resida em Lisboa desde os dois anos de idade.
Mas a minha prima Carlota mora exactamente na mesma zona onde fica a tal casa que era frequentada pelos alegados pedófilos que figuram no Processo!
Ela relatou-me que várias pessoas da cidade suas conhecidas andavam intrigadas por verem Carlos Cruz tantas vezes naquele lugar - perto do chamado Parque da Piedade.
Houve mesmo que alvitrasse que a TV devia estar a preparar um qualquer programa pois só assim é que entendiam a amiudada presença do popular apresentador por aquelas bandas.
Mas houve gente que também avistou por lá o tal PP! E que eu saiba, ele não é nem nunca foi apresentador de TV.
Ora o apresentador de TV foi acusado de ter frequentado a tal casa, o tal sujeito PP aparecia ali porque razão?
Quem for capaz de somar dois mais dois poderá encontrar a resposta.
E agora lá fica o juiz Rui Teixeira mal colocado por ter cometido um erro grosseiro.
Erro grosseiro, ein!
Há quem lhe chame outras coisas, não é mesmo?...
Com amizade
José Pires

quarta-feira, setembro 24, 2008

Porque será???...

Ando atormentado com uma DÚVIDA METAFÍSICA.
Porque será que o Secretário Geral do PS não quer ouvir falar da legalização dos casamentos homossexuais?
Será para não ter de recusar (ou ser forçado a aceitar) alguma proposta nesse sentido?
(GPS)

domingo, setembro 21, 2008

Paneleiros... (Mad in PS... e não só)...

ESTÁ O “BAILE ARMADO”
CASAMENTOS HOMOSSEXUAIS CRIA ROTURA NO PS
Segundo publica o “Diário de Notícias” a direcção nacional do PS receia que possa haver uma rebelião no grupo parlamentar socialista quando da discussão do projecto do Bloco de Esquerda para legalizar o casamento entre homossexuais.
O DN sabe que as indicações vieram do secretariado e que a direcção do grupo parlamentar impôs ontem o voto contra do PS no próximo dia 10.
Mas a reunião de ontem da bancada foi um prenúncio de que a matéria não é nada pacífica.
No dia 10, a rebelião poderá estender-se a cerca de 30 deputados.
Ontem, um grupo de pouco mais de uma dezena de deputados, liderados por Paulo Pedroso, pediu a palavra para dizer que a liberdade de voto nestas matérias é uma exigência.
O antigo braço-direito de Ferro Rodrigues, que regressou esta semana ao Parlamento, lembrou que existe uma Declaração de Princípios do PS, aprovada no congresso de 2002.
O deputado disse ser a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Contra a obrigatoriedade do voto contra falaram vários deputados da JS (entre os quais o ex-líder Pedro Nuno Santos) e ainda Maria de Belém, Miguel Coelho (líder do PS/Lisboa), Vasco Franco, Ventura Leite, Marcos Sá e Ricardo Gonçalves. Este último resume o espírito, em declarações ao DN: "Este é um problema de consciência de cada um, tem a ver com o que cada um pensa sobre a matéria. Eu até posso ser a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo e achar que não é a altura de seguir o projecto do BE. Mas não prescindo da liberdade de voto".
Ao fim da tarde, também José Eduardo Vera Jardim, antigo ministro da Justiça, veio reconhecer a necessidade de haver liberdade de voto.
Contra a ideia falou Alberto Martins, líder parlamentar, e o porta-voz do PS, Vitalino Canas, que se resguardaram na ideia de que não existe um mandato para discutir a matéria que não consta do programa de Governo.
E NÃO HÁ LOBBY GAY…
Tal como afirmei na peça anterior ainda acredito que, como se aproximam actos eleitorais, os socialistas optem pela não aprovação dos casamentos homossexuais.
Não é por acaso que os comunas apresentaram os seus projectos nesta altura.
Sabiam que deixavam os socialistas entre a espada e a parede.
Porque, se o calendário eleitoral não estivesse tão próximo, seriam os socialistas a apresentarem os tais projectos.
Aliás, Sócrates já afirmou que essa discussão “ainda não era oportuna”.
Assim, os comunas adiantaram-se na corrida.
Se não houver reviravolta política nas próximas Legislativas podem contar com a aberração dos casamentos de homens com homens e de mulheres com mulheres.
Este será um facto.
Esta reviravolta apressada para aprovação e discussão do tema não foi por acaso.
Se por um lado os comunas quiseram-se adiantar aos socialistas e, simultaneamente, encosta-los à parede, por outro, estão com medo dos resultados que possam advir das próximas legislativas.
Tudo aponta para que o tempo do “quer, posso e mando” dos socialistas está a chegar ao fim.
Claro que o lobby gay está atento a isto e não perdeu tempo a elaborar estratégias. E, nada melhor do que os bloquistas para as porem em prática.
Os bloquistas e o apêndice pcista “os verdes”...
E, já agora:- Será que foi por acaso a reentrada de Paulo Pedroso na Assembleia nesta altura do campeonato?
Isto, sem esquecer que este tema atira para segundo plano outro dos temas quentes : o dos divórcios a pedido.
E isto interessa – e muito – ao PS.
São tudo coincidências ? Será….
(Manuel Abrantes)

quarta-feira, setembro 03, 2008

A selecção nacional, ó-i ó-ai...


Por muito que custe engolir a muito idiota chapado...
Carlos Queiroz, o "Teórico-da-Teoria-Teórica", não consegue entusiasmar a malta em volta da selecção.
(Iremos, saber, finalmente, porque é que a bola é... redonda?!!!)

terça-feira, setembro 02, 2008

Não, não vou retirar já, vou deixar ficar...

Não sei porquê, mas, para já...
não vou retirar o "inquérito" que me lembrei de fazer há dias.
Está no topo deste blogue, no lado esquerdo (!!!).
E... não o retiro por raiva!
Acreditem: é mesmo por raiva!...
Raiva porque sou um pobre-Diabo que p'ráqui ando.
E... como sou um pobre-Diabo (que p'ráqui ando) ,
ainda para mais, sem dinheiro... estou mesmo fodido!!!
É que, sendo eu (um pobre-Diabo que p'ráqui ando)...
a puta desta "justiça" (para se "justificar"-limpar)...
cai-me em cima dos cornos...e, sem dó nem piedade, fode-me!!!
(porque eu sou um pobre-Diabo que p'ráqui ando)...!