sexta-feira, novembro 05, 2010

Outros tempos, outra gente...ou a consciência cívica de fiel gestor dos dinheiros públicos


Ao mudar-se para o palacete de São Bento, adaptado e decorado por Raul Lino, Salazar manda instalar dois contadores: um para a energia do rés-do-chão (zona de trabalho oficial), a ser paga pelo Estado, outro para a do primeiro andar (zona de residência oficial), a ser saldada por si.

O mesmo se passava com a água, o combustível e os telefones.

Nota:- E o fascista era ele !...

1 comentário:

Karocha disse...

http://infamias-karocha.blogspot.com/