segunda-feira, abril 30, 2007

O dia 24 de Abril de 1974

Com a angústia instalada em cada português...
Com a incerteza quanto ao futuro...
Com o desemprego...
Com governos facínoras e sem escrúpulos...
Com Instituições fundamentalistas...
Com os aldrabões da política...
Com os políticos aldrabões...
Com os falsos profectas ...
Com a injustiça da justiça...
Com os jornalistas cobardes...
Com a falta de segurança dos cidadãos...
Com a vergonha instalada de ser português...
Com a corrupção como porta-bandeira...
Com a pedofilia à solta...
Com a falsificação de documentos...
Com a vergonha das habilitações literárias...
Com o tráfico de influências...
Com o encobrimento dos criminosos...
Com o encerramento de locais de trabalho...
Com o fecho de estabelecimentos...
Com os impostos caríssimos...
Com a vergonha do IVA...
Com a "tanga" da integração europeia (só para umas "coisas")...
Com os salários de miséria...
Com a exploração desenfreada do Estado contra o cidadão português...

Apetece-me comemorar o 24 de Abril de 1974!!!
(Uma adata livre, autêntica e verdadeira)

3 comentários:

olho amigo disse...

Espantoso, caro amigo, espantoso.
Verifico, com agrado que continua corrosivo como sempre.
Mas que faz pensar, faz sim senhor.
Continue caro "jovem".

Anónimo disse...

O actual governo não passa de uma FÁBRICA DE BANDIDOS em larga escala.

Relvas disse...

A mim também.
Por raiava, entenda-se.