quarta-feira, setembro 03, 2008

A selecção nacional, ó-i ó-ai...


Por muito que custe engolir a muito idiota chapado...
Carlos Queiroz, o "Teórico-da-Teoria-Teórica", não consegue entusiasmar a malta em volta da selecção.
(Iremos, saber, finalmente, porque é que a bola é... redonda?!!!)

7 comentários:

Anónimo disse...

O Carlos Queirós será o que se pode chamar um TEÓRICO BEM SUCEDIDO.

Teria a seu favor o facto de ter sido Campeão do Mundo - hoje toda agente reconhece que com o Figo, o Rui Costa, o João Pinto,... para não falar dos outros que, sendo igualmente bons, não tiveram a mesma SORTE NA VIDA, o DIFÍCIL ERA NÂO O SER!

Não lhe perdoo - nem a ele nem a ninguém! - que tenha feito o seu pé-de-meia à custa do Sporting (não por ser o MEU Sporting), mas porque mostrou uma falta de princípios que o desclassificam! Ainda por cima as razões da rescisão nem seriam razões desportivas... mas uma qualquer rivalidade com o PSL!
Os "garanhões" têm destas coisas! Mas o que é que o Sporting tem a ver com isso? Não será por acaso que AMBOS SÃO "PERSONA NON-GRATA" por aquelas bandas!

Para mim, Carlos Queirós,... "JAMAIS" (jamé)!

P.S. Esperei pelo resultado do jogo com Malta para escrever este "post". É fácil dizer mal quando as coisas correm mal!

Um abraço!

GPS

Anónimo disse...

Como não conheço os meandros do futebol, tenho de estar atento aos "mentideros" para perceber o que o que está a acontecer.

A conclusão que tirei é que, o Prof. Rui Caçador (que apoiou Scolari contra (o seu amigo!) Queirós), era um alvo abater! A maneira mais directa de o fazer - DESFALCAR A SELECÇÃO DE SUB-21 - colocando o MELHOR AVANÇADO DE MOMENTO, YANICK DJALÓ, a assistir ao jogo na bancada.

Como afirmei no meu comentário anterior, para o Carlos Queirós, vale tudo! Até hipotecar o futuro da SELECÇÃO PORTUGUESA DE SUB-21 (que não é a selecção de Queirós, de Scolari, do Oliveira, etc,... é a SELECÇÃO DOS PORTUGUESES!) no Campeonato da Europa.

A única razão porque o Carlos Queirós deixou o "TACHO" no MU, é a certeza de que, com esta selecção, qualquer CEGUINHO se arrisca a SER CAMPEÃO! E se isso acontecer, o seu VALOR NO MERCADO vai subir em flecha! Como aconteceu com Scolari, que nem precisou de ganhar nada!

Acima de todas as "polémicas" VAMOS GANHAR À DINAMARCA!

Uma abraço!

GPS

Anónimo disse...

Como diria o OUTRO;

E O BURRO SOU EU?
Um abraço!

GPS

Camilo disse...

Amigo "GPS"...
Desde que este "Teórico-da-Teoria-Teórica" engendrou aquela "táctica": SPORTING,3-SLB,6...nunca mais pude com este analfabeto futebolístico.
Custa-me dizer, mas esta "selecção" vai dar-me muitas "alegrias" destas.
Um abraço-
....
(Respondi ao email logo que recebi o seu).

Casemiro dos Plásticos disse...

bom, acho podemos dizer que tivemos um pouco de sorte no fim do jogo mas quem manda adormecer com 1-0, é um resultado sempre escasso.
o queim a meter fifias daquelas, hum...medo.
o tempo dirá quem tem razão...
abraço e boa semana.
sim, voltei caro camilo.

rotivsaile disse...

A tua mania de estar sempre no contra... não te incomoda?
É que eu, até pelo "grunho" ser de Moçambicano de Nampula, nunca confiei muito nele! O bate boca com o PRS - Presidente da República Sportinguista) foi mai uma para debitar no deve/haver do CQ... que até nem tem a culpa, pois essa é inteirinha do Presidente-quase-vitalício da Federação Portuguesa de Falhados... desculpa... Futebol.
Entretanto recebe aquele abraço do sempre a considerar-te
Victor Elias.
PScript: Viste o filme sobre a nossa Nova Lisboa? Está a ficar "chunguila"! Gostei do que vi, pois está a recuperar alguns traumas... de tal modo que a votação no Governo foi abissal!

Anónimo disse...

From: noticias@portugalnoticias.com
To: ;
Subject: Paneleiros
Date: Fri, 19 Sep 2008 09:43:37 -0300
ESTÁ O “BAILE ARMADO”
CASAMENTOS HOMOSSEXUAIS CRIA ROTURA NO PS

Manuel Abrantes
Segundo publica o “Diário de Notícias” a direcção nacional do PS receia que possa haver uma rebelião no grupo parlamentar socialista quando da discussão do projecto do Bloco de Esquerda para legalizar o casamento entre homossexuais. O DN sabe que as indicações vieram do secretariado e que a direcção do grupo parlamentar impôs ontem o voto contra do PS no próximo dia 10. Mas a reunião de ontem da bancada foi um prenúncio de que a matéria não é nada pacífica. No dia 10, a rebelião poderá estender-se a cerca de 30 deputados.

Ontem, um grupo de pouco mais de uma dezena de deputados, liderados por Paulo Pedroso, pediu a palavra para dizer que a liberdade de voto nestas matérias é uma exigência. O antigo braço-direito de Ferro Rodrigues, que regressou esta semana ao Parlamento, lembrou que existe uma Declaração de Princípios do PS, aprovada no congresso de 2002. O deputado disse ser a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Contra a obrigatoriedade do voto contra falaram vários deputados da JS (entre os quais o ex-líder Pedro Nuno Santos) e ainda Maria de Belém, Miguel Coelho (líder do PS/Lisboa), Vasco Franco, Ventura Leite, Marcos Sá e Ricardo Gonçalves. Este último resume o espírito, em declarações ao DN: "Este é um problema de consciência de cada um, tem a ver com o que cada um pensa sobre a matéria. Eu até posso ser a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo e achar que não é a altura de seguir o projecto do BE. Mas não prescindo da liberdade de voto". Ao fim da tarde, também José Eduardo Vera Jardim, antigo ministro da Justiça, veio reconhecer a necessidade de haver liberdade de voto. Contra a ideia falou Alberto Martins, líder parlamentar, e o porta-voz do PS, Vitalino Canas, que se resguardaram na ideia de que não existe um mandato para discutir a matéria que não consta do programa de Governo.
E NÃO HÁ LOBBY GAY…

Tal como afirmei na peça anterior ainda acredito que, como se aproximam actos eleitorais, os socialistas optem pela não aprovação dos casamentos homossexuais.Não é por acaso que os comunas apresentaram os seus projectos nesta altura. Sabiam que deixavam os socialistas entre a espada e a parede.Porque, se o calendário eleitoral não estivesse tão próximo, seriam os socialistas a apresentarem os tais projectos. Aliás, Sócrates já afirmou que essa discussão “ainda não era oportuna”. Assim, os comunas adiantaram-se na corrida.Se não houver reviravolta política nas próximas Legislativas podem contar com a aberração dos casamentos de homens com homens e de mulheres com mulheres.
Este será um facto.
Esta reviravolta apressada para aprovação e discussão do tema não foi por acaso. Se por um lado os comunas quiseram-se adiantar aos socialistas e, simultaneamente, encosta-los à parede, por outro, estão com medo dos resultados que possam advir das próximas legislativas.
Tudo aponta para que o tempo do “quer, posso e mando” dos socialistas está a chegar ao fim. Claro que o lobby gay está atento a isto e não perdeu tempo a elaborar estratégias. E, nada melhor do que os bloquistas para as porem em prática. Os bloquistas e o apêndice pcista “os verdes”.
.
E, já agora:
- Será que foi por acaso a reentrada de Paulo Pedroso na Assembleia nesta altura do campeonato ?
Isto, sem esquecer que este tema atira para segundo plano outro dos temas quentes : o dos divórcios a pedido. E isto interessa – e muito – ao PS.
São tudo coincidências ?
Será….
Manuel Abrantes