segunda-feira, janeiro 28, 2008

CASA PIA: FERRO RODRIGUES VOLTA A PERDER

Ferro Rodrigues apresentou uma queixa por difamação contra o jovem conhecido por ser o "braço direito" de Carlos Silvino.
O tribunal arquivou mais esta queixa do ex-deputado que viu o seu nome referido na sala de audiências como alegado conhecedor e participante em actos de natureza sexual com menores.
O Ministério Público arquivou a queixa "por não se reunirem indícios da verificação" dos crimes de "falsidade de depoimento e difamação agravada".
O jovem ouvido no decorrer do mega-processo da Casa Pia referiu ter visto Ferro Rodrigues "numa casa em Vila Viçosa" e "numa vivenda no Restelo chamada de Casa dos R's".
Segundo a decisão judicial, esta foi a terceira queixa apresentada pelo ex-líder do PS contra o referido jovem.
Na primeira, o MP declarou o arquivamento do processo e na segunda foi aberta instrução e declarada a "não pronúncia" do ex-casapiano.
Por último, convém referir que o despacho escreve que os factos imputados ao assistente [Ferro Rodrigues] no processo da Casa Pia, por outra testemunha do processo, "foram objecto de arquivamento", por decisão do MP, "por se mostrar extinto por prescrição o respectivo procedimento criminal, por os mesmos terem ocorrido entre os anos de 1991 e 1992, e durante os anos de 1994 e 1995".
Só por isto foram arquivados...
(In Alternativa Portugal)
..............
Comentário:
-Há sinceridade n'isso?!!!

1 comentário:

filomeno2006 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.