segunda-feira, março 05, 2007

Apito Dourado: a farsa continua!...

Quem "colocou" este fantoche na presidência da arbitragem nacional (APAF)?!!!
Quem o fez sabia o que fazia!
E com quem contava!...
Enquanto árbitro, Vitor Pereira sempre favoreceu o "sistema".
As últimas nomeações dos Brunos Paixões, dos Paratys, dos Benquerenças e dos Paulos Costas, arguidos do Apito Dourado, provam que o "sistema" está de boa saúde, tem pernas para andar e está-se borrifando para os processos que correm em tribunal.
O presidente da APAF também deve ser constituído arguido.
A PJ deve investigar as manobras de bastidores, tal como as vigarices perpetradas que estiveram na origem da sua nomeação.

2 comentários:

Toy disse...

Uma E.T.A. em Portugal resolvia isto tudo num instantinho.
Nem os amigos escapavam.

Anónimo disse...

Opto pelo sistema brasileiro da década de 60.
Os "Esquadrões da Morte".